terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Grilagem Vicente Pires: El Dorado do DF

A Polícia Federal estourou um forte esquema de venda de terreno ilegal em área nobre do Distrito Federal.

O secretário particular da presidência da república Gilberto Carvalho disse a moradores da fazenda Brejo, alvo nas investigações da PF e desapropriada pela Terracap, que a situação da legalização da terra seria resolvida ainda no governo Lula, na verdade, a Polícia Federal encontrou a cúpula petista envolvida em vendas de terras que podem causar um prejuízo de R$ 380 milhões de reais a Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) estatal que administra o patrimônio da capital do país.

Gilberto Carvalho, aparece em vídeo garantindo aos moradores da região a legalização da terra e fala em nome do presidente Lula. A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) também faz parte da investigação por te fraudado um relatório em 2008. A PF investiga os petistas, Geraldo Magela (Secretário de Habitação do DF) Lúcia Carvalho (presidente da SPU) e Dirsomar Chaves, as investigações podem chegar ao Palácio do Planalto devido a possível participação do ministro, Gilberto Carvalho.

Vários depoimentos já foram prestados a PF e cada vez o fogo se alastra, se o nome da fazenda fizer jus, a cúpula petista vai para o brejo.

Veja o vídeo abaixo onde o secretario da presidência, Gilberto Carvalho promete em nome do ex-presidente Lula a legalização da área Cana do Reino, fazenda do Brejo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário