quarta-feira, 4 de maio de 2016

VICENTE PIRES - O MELHOR POSTO DE SAUDE DO DF



Regina Carriona Gerente da Unidade Básica de saúde de Vicente Pires

 É isso mesmo que você leu, Vicente Pires tem a melhor Unidade básica de Saúde Pública do Distrito Federal! Diante do caos na saúde do DF é quase uma maravilha, mas realmente nosso posto não fica nada a dever para muito convênio médico a que já me associei... Isso tudo em meio a uma crise de saúde, onde postos e hospitais não têm um mínimo para atender nem paciente com dor de barriga.
Mas, a que se deve essa diferença da nossa Unidade para as demais do Distrito Federal? Simples: empenho da comunidade, que não desistiu de lutar para que o posto se transformasse no que é hoje. 
Para isso, foi preciso mais que palavras, foi preciso abraçar a unidade (literalmente), fechar a EPTG, enfrentar os coordenadores regionais, secretários de saúde e até o vice-governador e o governador. Isso somente se deu porque a comunidade participou e atendeu ao chamado da AMOVIPE, tendo literalmente abraçado a unidade de saúde (em um mobilização) e a causa.
Mas não foi somente isso, o principal feito foi conseguir que assumisse a direção da unidade uma pessoa empenhada e interessada em algo mais que o salario e o cargo; alguém que lutasse pela comunidade em geral.
Muitos gerentes passaram pela Unidade e todas tinham o objetivo de atender aos seus senhores chefes, cuja proposta inicial era fechar o posto no início deste Governo, sem se preocupar com o impacto que seria acarretado aos usuários. As instalações do local sempre foram boas, porém não funcionavam devido à burocracia e tudo passou a funcionar após o superintendente Regional de Taguatinga, Dr. Benvindo, nomear para nossa região a gerente REGINA CARRION e ela assumir juntamente com os demais funcionários.
Eles se empenharam tanto que, ao invés de termos o posto fechado, conseguiram transformar a unidade de Saúde em referência para o Distrito Federal, lembrando que todos são conceituados técnicos e não cargos políticos, como antes.  Parabéns à equipe pelo profissionalismo e compromisso com o bem maior das pessoas – a saúde. Vocês provaram que pode haver uma luz no fim do túnel para o caótico sistema da saúde publica do DF.
 Hoje a Unidade conta com:
ü  1 Ginecologista que atende pré-natal, ginecologia e obstetrícia, 40 horas;
ü  3 médicos da família que realizam atendimentos em geral, 40 horas cada;
ü  1 Pediatra, 40 horas.
 Serviços abertos hoje por enfermeiros e técnicos:
ü  Acolhimento e triagem do usuário;
ü  Sala da mulher – consulta e coleta de prevenção;
ü  Sala do adulto – clínica médica e saúde da família;
ü  Sala de medicação – atendimento a pacientes que são consultados e externos;
ü  Sala de curativo;
ü  Programa de Crescimento e Desenvolvimento (Pediatria);
ü  Imunização e vigilância epidemiológica – sala de vacina;
ü  Hiperdia (hipertensos e diabéticos) em andamento, praticamente estruturado.
 Serviços a serem abertos ou em andamento para breve:
ü  Equipe de Estratégia da Família (praticamente pronto);
ü  Equipe AB;
ü  Uma farmácia externa, que é um serviço indispensável, pois hoje os pacientes vão até o CST 02, localizado na Praça do Bicalho/Taguatinga. A proposta é ser uma farmácia modelo, implantando o serviço de farmácia clínica (onde o farmacêutico também consulta e orienta o uso de medicamentos específicos);
ü  Serviço de DST/AIDS, TB e Hanseníase, sendo necessária a existência e qualidade do atendimento na farmácia externa;
ü  Ser referência de Diabético (com espaço para atendimento em cadeiras específicas, curativos e exames em geral);
ü  Pronto Atendimento até às 22hrs, ampliando assim o atendimento para a população;
ü  NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família – para a região de Taguatinga;
ü  Nutricionista - Consulta para nutrição, já foi liberada 1 nutricionista para essa UBS;
ü  Assistente Social – chegou 1 Assistente Social para Vicente Pires há 15 dias, com proposta de se abrir programa para tabagismo, serviço aberto ao público e atendimento em geral;
ü  Psicólogo – para atuar com grupo de gestantes, tabagismo, DST/AIDS e atendimento ao público em geral;
ü  Odontologia - Abrir serviço de odontologia. Estão aguardando a chegada de um odontólogo para iniciar o programa de Cárie Zero, prevenção, atendimento a gestantes e serviços em geral de odontologia.
ü  Existe também uma proposta da Superintendência, juntamente com a DIRAPS e Administração da Região Sudoeste, serem instaladas no local onde hoje está localizado a Unidade Básica de Saúde, onde existe espaço para esse fim. A Superintendência da Região Sudoeste não possui um espaço para se instalar no momento.
Conseguimos alcançar nosso objetivo de manter a Unidade aberta e muito mais, mas nem tudo são flores, pois no momento outros problemas ameaçam ruir tudo que conseguimos e o principal deles é o aluguel do edifício, que não é pago há quase dois anos.
Mesmo o proprietário tendo reduzido o valor muito abaixo do preço de mercado, o governo está sem renovar o contrato desde 2014. Esse é o melhor lugar para se manter essa unidade de saúde, dificilmente o governo encontrará uma estrutura como essa, então precisamos lutar para a renovação do contrato para manter a unidade e, acima de tudo, manter no lugar onde se encontra.
Outro problema que ameaça a unidade é o problema político, há um deputado interessado no seu próprio umbigo que quer tirar o Dr. Benvindo, que é técnico, para colocar em seu lugar um cargo político; para isso irá trazer o diretor do Hospital de Samambaia, Luciano de tal.
Enquanto existirem políticos que não se preocupam com o povo, enquanto existir balança-bandeira em troca de cargos, nada mudará para melhor neste país, então teremos que continuar alertas e fazer de tudo para manter nos cargos aqueles que lutam conosco pela nossa causa e, claro, manter e melhorar tudo que conseguimos, com luta e determinação, em prol do bem comum.
Seja contra quem for, lutaremos pela nossa cidade, pela nossa unidade básica de saúde!

Gilberto Camargos



5 comentários:

  1. Pode até ser e tem tudo para atender bem a população de Vicente Pires. Eu particularmente fui bem atendido quando precisei fazer um curativo em meu pé, infeccionado, até fiz elogios ao atendimento. Mais, para minha surpresa, quando precisei uma segunda vez fiquei indignado com o pouco caso e a falta de profissionalismo e extrema má vontade por parte da enfermeira que não me atendeu, (não posso dizer que me atendeu porque simplesmente me mandou de volta para casa sem realizar o procedimento), motivo: cheguei ás 17:05 hrs no posto e fui informado que não tinha profissional para me atender, mentira deslavada logo confirmada pela responsável em exercício do posto ( a chefe principal, acreditem, só vem no posto pela manhã), tinha sim, 02 enfermeiras no posto e a segunda alegação é de que o atendimento é feito até ás 17:00 e, comparando o posto com um banco me disse que todos tem horário e aí vem a pergunta: O horário de atendimento no posto não é o comercial, ou seja de 8:00 ás 18 hrs? E se mesmo encerrando o atendimento ás 17 hrs, 05 minutos seria desculpa para não realizar um curativo que, no meu caso, como se trata de infecção tem que ser trocado diariamente? Fica aqui o meu protesto e uma dica, vamos reivindicar a instalação de equipamentos modernos no posto de saúde mais, também, reivindicar investimentos no pessoal que atende, fazendo cursos de reciclagem e relações humanas para que o atendimento seja mais humanizado e á altura do povo de Vicente Pires.

    ResponderExcluir
  2. O telefone do Posto mudou? Quando ligo aparece a mensagem que o número está programado para não receber chamada. Ou será que o GDF não pagou a conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Qual é o número do telefone do posto de saúde da Vicente Pires?
      Alguém sabe, por favor!

      Excluir
  3. Qual o fone do posto do Vicente Pires? Por favor.

    ResponderExcluir